Notícias

  • Home >>
  • notícias
sábado 10 de julho de 2021

Honda Open – Campeonato Bandeirantes: Manu Barcellos e Renato Silva mantêm liderança

Gui faz a melhor volta do dia e sairá no pelotão ao lado de Locoman. Torneio vale para o ranking mundial

 

Manu Barcellos impacto 1280

Manu Barcellos (acima) e Renato Silva (abaixo); liderando desde o primeiro dia. Fotos: Thais Pastor/F2 Assessoria

Mesmo piorando quatro tacadas em relação à estreia, Renato da Silva Filho, do Alphaville Graciosa (PR), manteve a liderança isolada do Honda Open – Campeonato Bandeirantes de Golfe 2021, que teve a segunda de suas três rodadas disputada neste sábado, 10 de julho, no Lago Azul Golfe Clube, em Araçoiaba da Serra (SP). No feminino, Manu Barcellos, do Quinta da Baroneza, também manteve a liderança do torneio que vale para os rankings mundial amador (WAGR), nacional e estaduais. O Honda Open termina neste domingo.

Renato da Silva Filho no 4 600 vertRenato começou o dia com dois bogeys nos cinco primeiros buracos, reagiu com dois birdies, mas devolveu duas tacadas nos três buracos finais para somar 144 (70-74), o par do campo, e começar a volta final vencendo por duas. Ele quase foi surpreendido por outro paranaense, Arthur Locoman, do Curitibano, que fez quatro birdies, o último deles no 8, seu penúltimo buraco do dia, para encostar na liderança. Mas Arthur fechou o dia com um duplo bogey, contra bogey de Renato, para somar 146 (72-74), duas acima, e duas atrás de Renato.

Destaques – A melhor volta do sábado foi de Gui Grinberg, do Lago Azul, que jogou quatro abaixo nos primeiros 12 buracos, com direito a um eagle num par 4 e cinco birdies. Mas ele fez bogeys seguidos na metade do campo, para terminar em terceiro, com 147 (77-70), e ganhar um lugar no grupo dos líderes para a volta final. Thomas Choi, do São Paulo GC, fechou o dia com três bogeys nos quatro buracos finais, para somar 148 (72-76) e ficar em quarto lugar, a quatro tacadas do líder.

Na classificação por handicaps índex até 8,5, o líder é João Pedro Bossetto, do Arujá, com 138 (68-70) tacadas, seis abaixo, seguido por Renato Silva, com 140 (68-72), e Fernando Silva, do Campinas Golf Center, com 141 (71-70). Na 8,6 a 14, que estreou neste sábado, Ivair Tadei, do Imperial, lidera com 68, quatro abaixo, seguido por Leandro Metzner, do Arujá, com 69, e por dois jogadores com 73: Denis Song, do Clube de Golfe de Campinas, e Carlos Marangon, do Lago Azul.

Mais líderes – Na 14,1 a 19,4, dobradinha do Lago Azul, com Kaixi Fan líder, com 67, e Cassius Avena em segundo, com 68. Em terceiro, com 69, estão Fabiano Vieira, do Imperial, e Luis Vissoto, do São Paulo Futebol Clube. E na 19,5 a 25,7 a liderança é de Felipe do Carmo, do Lago Azul, com 71 tacadas, seguido por Claudio Kawano, do Riacho Grande, com 72, e por dois jogadores com 73: José Eduardo Faria, do Lago Azul, e Osmar Costa Sobrinho, do Clube de Campo, presidente da Confederação Brasileira de Golfe, que jogou ao lado de Ademir Mazon, presidente da Federação Paulista de Golfe.

O torneio vale ainda para os rankings 40+ da FPGolfe. Entre os pré-seniores (40 a 54 anos, Rogério Cardoso, do Damha, lidera com 164 (78-86) tacadas, contra 175 (87-88) de Otávio Lima, de Bastos, e 179 (89-90) de Shigenari Arakawa, do Terras de São José. Entre os seniores (55 anos ou mais), o líder é Douglas Black, capitão do Sapezal, com 166 (84-82) tacadas, seguido por Mario Ghisalberti, do Japy, com 168 (82-86). José Edson Silva, do Riacho Grande, vem em terceiro, com 177 (85-92).

Feminino – Entre as mulheres, Manu Barcellos, do Quinta da Baroneza, ampliou ainda mais sua vantagem e lidera com 149 (73-76) tacadas, cinco acima do par. Marina Nonaka, do Arujá, melhorou um pouco e subiu para o segundo lugar, com 162 (82-80).  Fernanda Lacaz, do São Fernando, permaneceu no pelotão, em terceiro lugar, com 166 (81-85). A seguir estão Ana Sung Marques, do Arujá, com 170 (86-84), Corina Barcellos, mãe de Manu, com 174 (87-87), e Samire Oliveira, do Arujá, com 178 (87-91).

Na classificação por handicaps índex até 16, Manu também lidera, com 137 (67-70), seguida pela mãe Corina, com 148 (74-74). Corina voltou a competir após 16 anos parada e pode levar seu primeiro troféu de campeã da nova fase, já que os prêmios não são acumuláveis. A seguir estão Gabriele Rodrigues, do Arujá, com 154 (84-70), e Ana Sung Marques, também do Arujá, com 156 (79-77).

Na 16,1 a 27,4, a líder é Elaine Frota, do Lago Azul, com 69 tacadas, seguida por duas jogadoras com 75: Li Lian Mizikami, capitã do Clube de Golfe de Campinas, e Joelma Maria Rodrigues, do Riacho Grande.

Hole-in-one – Todos os jogadores ainda têm este domingo para tentar ganhar a moto Elite 125, que a Honda, maior patrocinadora do golfe paulista e brasileiro, está oferecendo para quem fizer hole-in-one no buraco 8. Se mais de um golfista fizer hole-in-one no buraco 8, a moto será sorteada entre eles.

A Honda Elite dispõe de painel 100% digital, com velocímetro, relógio, hodômetro, luz-espia e nível de combustível. A Honda Elite tem ainda câmbio automático, que torna a pilotagem muito mais prática e fácil. É só acelerar e frear. E conta com iluminação de LED, o que melhora a visibilidade do piloto.

Resultados completos

Loman e Gui 1280

 Locoman (esq.) e Gui (dir.): Completando o pelotão para a volta final

Como posso te ajudar?

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.