Notícias

  • Home >>
  • notícias
segunda-feira 13 de dezembro de 2021

Fernando Silva vence 1º Aberto do Riacho Grande e faz história no ranking da FPGolfe

Jogador do Campinas Golf Center venceu seis torneios da temporada. Rogério Cardoso foi o vice

 

Fernando Silva comemora um novo recorde no golfe paulista. Fotos: Ricardo Fonseca/F2 Assessoria

Fernando Silva comemora um novo recorde no golfe paulista. Fotos: Ricardo Fonseca/F2 Assessoria

Internas RGGCFernando Silva, do Campinas Golf Center, fez história no ranking da Federação Paulista de Golfe (FPGolfe) ao vencer seu sexto título do ano no 1º Aberto do Riacho Grande Golfe Clube, encerrado neste domingo, 12 de dezembro, no campo de 18 buracos de São Bernardo do Campo, ao lado da Represa Billings e bem perto do Caminho do Mar, a estrada velha de Santos, hoje aberta apenas para passeios e caminhadas. Um feito e tanto juntamente com o do clube, que se desdobrou para realizar seu primeiro Aberto e se juntar aos grandes clubes de São Paulo.

Veja as fotos da premiação
Aguarde álbum de fotos completo neste mesmo link

Fernando Silva jogou duas voltas de quatro acima, o suficiente para ampliar a vantagem do primeiro dia e ser campeão de ponta a ponta com 152 (76-76) tacadas. Rogerio Cardoso, do Damha, foi o vice com 159 (77-82), seguido por Fernando Vieira dos Santos, do Riacho Grande, com 160 (82-78), Mario Ghisalberti, do Japy, com 166 (82-84); e João Pedro Bosseto, do Arujá, com 174 (89-85). João Pedro está embarcando em breve para jogar o Doral Publix Junior Classic, de 21 a 23 de dezembro, no Trump National, em Miami.

Na classificação por handicaps índex até 8,5, o troféu de campeão foi para Fernando Vieira, com 150 (77-73) tacadas, seguido por Ghisalberti, com 152 (75-77) e João Bosseto, com 166 (85-81). Na 8,6 a 14 o pódio teve Benedito Roque Pinto de Souza, do Riacho Grande, com 143 (73-70), seguido por Arnaldo Pfaff, do Paradise, com 150 (74-76), e por Jorge Nagai, do Riacho Grande, com 151 (80-71). Pedro Pereira Bezerra, do Riacho Grande, também somou 151 (74-77), mas perdeu o troféu nos critérios de desempate.

Mais ganhadores - Na 14,1 a 19, 4, Alexandre Evangelista, do Riacho Grande, venceu com 143 (71-72) tacadas, seguido por Jair Carmona, do Vila da Mata, com 143 (69   -74), e por William Souza Muniz, do Riacho Grande, com 144 (68-76). E na 19,5 a 25,7, só deu Riacho Grande no pódio. Luciano Batista de Araújo venceu com 148 (75-73), seguido por Fábio Ângelo Seta, com 152 (76-76), e pelo juvenil Leo Freeland Tavares, com 153 (78-75).

No feminino, Juliana Viana Passos do Riacho Grande, foi a campeã scratch com 177 (85-92), enquanto Joelma Rodrigues Maria vencia na 16,1 a 25,7, com 154 (74-80). O Riacho Grande sorteou, no final, diversos brindes para os participantes.

Premiação - Ari da Silva, capitão do Riacho Grande, apresentou a entrega de prêmios, que teve a mesa formada ainda por Ademir Mazon, presidente da Federação Paulista de Golfe, e Rogério Fracaroli, do Mercadão dos Óculos, um dos patrocinadores do torneio, ao lado de África Brindes, São Bento Golfe, Cantinho JN, AS Personalizados, Moriguti, DBACORP, Bambu 2000 e AS Golf. Ademir parabenizou o Riacho Grande por ter realizado seu primeiro Aberto e disse esperar novo sucesso do clube no calendário de 2022.

Resultados completos

 

Patrocinadores e Apoiadores do Golfe Solidário Brasil

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.