Notícias

  • Home >>
  • notícias
sexta-feira 05 de fevereiro de 2021

Douglas Black, do Sapezal, vence torneio da ABGS que abriu os rankings 40+ de 2021, da FPGolfe, no Paradise

Hermes Morete, do Fazenda da Grama, venceu na pré-sênior e Atsumi Ishizaki, do PL, no feminino

 

 Doug (esq.) recebe o prêmios de Vera Rossi, esposa do homenageado


Doug (esq.) recebe o prêmio de Vera Rossi, esposa do homenageado

Com três birdies nos cinco buracos finais, o escocês Douglas Black, o Doug, capitão do Sapezal GC, virou o jogo para ser o campeão do 9º Torneio ABGS de Golfe Sênior do Paradise Lake & Golf – Taça Ricardo Rossi, disputado nesta quinta-feira, 4 de fevereiro, em Mogi das Cruzes (SP). A competição que homenageou Ricardo Rossi, que foi sócio da ABGS e representou o Brasil nos maiores torneios profissionais e amadores do mundo, incluindo o Masters, o British Open, e o Mundial Amador (Troféu Eisenhower), onde foi medalha de bronze. Vera Rossi representou o marido, que nos deixou em 2016.

Doug não teve uma vitória fácil, depois de ter terminado a primeira metade do campo uma tacada atrás de Paul O´Doherty, do São Paulo, e de Koichi Ogata, do PL. Doug empatou o jogo no buraco 12, mas voltou a ficar atrás no placar até fazer três birdies a partir do buraco 14 para vencer com 78 tacadas, seis acima do Par. Paul foi vice-campeão com 80 tacadas, seguido por Hideaki Iijima, do PL, com 81. Os três primeiros somaram pontos para o ranking sênior scratch 2021 da Federação Paulista de Golfe (FPGolfe) e ganharam medalhas de ouro, prata e bronze oferecidas pela entidade.

Interns abgs paradiseMais medalhistas - Entre os pré-seniores scratches, Hermes Morete, do Fazenda da Grama, venceu com 88 tocadas. Cassio Filizola, do Clube de Campo, também somou 88 tacadas, perdeu o troféu no desempate, e ficou com a medalha de prata da FPGolfe. A de bronze foi para Plínio Albregard, do Arujá, com 90. Todos pontuaram para o ranking pré-sêior scratch da FPGolfe.

Vejas as fotos da premiação

A campeã feminina scratch foi Atsumi Ishizaki, do PL, com 94 tacadas. Ela ganhou a medalha de ouro da FPGolfe, além de um lindo arranjo oferecido pelo ateliê de flores Les Choix. Angela Rappa, da Grama, ficou com a medalha de prata e Keiko Shimomaebara, do PL, com a de bronze. Todas pontuaram para o ranking feminino scratch sênior da FPGolfe.

Graças à parceria entre a FPGolfe e a ABGS (Associação Brasileira de Golfe Sênior), os jogadores com 40 anos ou mais, que são uma parcela mais do que expressiva dos golfistas brasileiros, estão cada vez mais valorizados. Os melhores do ano dos rankings scratch sênior masculino e feminino da FPGolfe, e os do ranking pré-sênior, são convidados para jogar e ganham prêmios no evento de encerramento da temporada da FPGolfe, em dezembro.

Premiação - Ademir Mazon, presidente da FPGolfe disputou o torneio e entregou os prêmios aos campeões ao lado de Vera Rossi e de Constantino Ajimasto Jr, o Grego, presidente da ABGS, de seus vice presidentes Sérgio del Porto (Administrativo) e Fernando Braga (Técnico) e de Alexandre Leonardi, diretor Pré-Sênior da ABGS, que conseguiu dobrar a participação dos jogadores de 40 a 54 anos nos eventos da ABGS.

Houve muitos elogios à organização do torneio, e ao campo desafiador, com todos os seus lagos, que se apresentou em excelentes condições. Destacou-se o atendimento eficiente de Alexandre e todo o staff do Paradise, que serviu um bom café da manhã e opções fartas e saborosas de almoço, em sua ampla e confortável sede.

Para saber mais sobre o Torneio ABGS do Paradise, clique aqui.

Diretoria da ABGS, com Vera Rossi e Ademir Mazon

Diretoria da ABGS, com Vera Rossi e Ademir Mazon

 

Como posso te ajudar?

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.