Notícias

  • Home >>
  • notícias
segunda-feira 19 de julho de 2021

Brasileiro Pré-Juvenil e Juvenil reúne 66 jogadores, a partir desta 4ª feira, no Itanhangá

São Paulo, com 20 golfistas, tem a maior equipe de oito estados e Distrito Federal

 

Brasileiro juvenilCom 20 dos 66 jogadores em campo, São Paulo tem a maior delegação dos oito estados, mais o Distrito Federal, que se fizeram representar no 31º Campeonato Brasileiro Amador Pré-Juvenil e Juvenil de Golfe que será jogado de quarta a sexta-feira desta semana, 21 a 23 de julho, no Itanhangá Golf Club, no Rio de Janeiro. Mauro Batista, diretor executivo da Federação Paulista de Golfe (FPGolfe) é o capitão da equipe. A Confederação Brasileira de Golfe (CBGolfe), que organiza a competição, não cobrou inscrições.

Participam 47 homens e 19 mulheres, sendo que 37 meninos e 11 meninas competem pelos títulos gerais, juvenis (16 a 18 anos) e pré-juvenis (14 e 15 anos). Dos demais, 10 homens e 8 mulheres, jogam nas categorias até 13 anos e até 11 anos, essa exclusiva masculina. Além dos 20 golfistas de São Paulo, há 13 do Rio de Janeiro, 11 do Paraná, 9 do Rio Grande do Sul, 4 do Distrito Federal, 4 de Pernambuco, 2 de Santa Catarina, 2 de Minas Gerais e 1 do Espírito Santo.

Favoritos – Haverá dois ex-campeões pré-juvenis em campo, desta vez competindo como favoritos entre os juvenis: Gui Grinberg, do Lago Azul, vencedor em 2017, e Renato da Silva Filho, do Alphaville Graciosa, do Paraná, que venceu em 2018. Renato acaba de vencer o Honda Open – Campeonato Bandeirantes (adulto) no Lago Azul, com Grinberg em segundo. Gui, por sua vez, foi o campeão até 18 anos do Juvenil e Júnior de Inverno de SP, encerrado sexta-feira, no São Fernando, e que teve o júnior Thomas Choi como campeão geral. Renato foi terceiro na geral e vice juvenil.

No feminino, entre as favoritas ao título geral estão as pré-juvenis Isadora Fernal, do Poços de Caldas, e Martina Collares, do Porto Alegre CC e a juvenil Marina Nonaka, do Arujá. Isadora vem do título do Juvenil e Júnior de SP, seu primeiro de um evento válido para o ranking nacional, com Marina em segundo e Martina em terceiro.

Esta será a terceira competição seguida válida para o Ranking Mundial Amador de Golfe (WAGR), depois de 16 meses sem eventos do calendário nacional desse tipo. O Honda Open – Bandeirantes e o Juvenil e Júnior de Inverno, foram os dois primeiros. Mais cedo este ano houve dois torneios, no Ponta Grossa, no Paraná, e no Damha, em São Carlos, do Gorila Tour, um circuito independente para jogadores scratches, que valeram para o ranking mundial.

Copa Juventude – Paralelamente do Brasileiro Juvenil será disputada a Copa Juventude de Golfe por equipes mistas de três jogadores, indicadas pelas Federações. A premiação será somente para a equipe campeã. Valerá sempre o melhor resultado feminino e masculino do dia de cada equipe. Haverá também uma competição de Duplas Mistas, na soma de tacadas do time, nas categorias pré-juvenil  e juvenil. Cada Federação poderá indicar duas duplas por categoria, premiando-se as duas primeiras.

Outra atração será a disputa de um Longest Drive, no dia 21, logo após o encerramento dos jogos, no driving range. Premiação para os três primeiros colocados das categorias juvenil e pré-juvenil, masculinas e femininas.

Palestras – Foram programadas ainda palestras para os atletas, pais e responsáveis no Espaço Hole-In-One:

Dia 21 – 15 horas – Nutrição Esportiva para o Jovem  Atleta

Palestrante: Ruan Santos. Pesquisador no Comitê Olímpico do Brasil,  Nutricionista pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Especialista em  Gestão Esportiva pelo Comitê Olímpico Internacional, Especialista em Nutrição Clínica pela UFRJ, Especialista em Segurança Alimentar e Nutricional pela UNIRIO,  Mestre em Neurologia pela UNIRIO.

Dia 22 – 10h30 Café com os Pais – A Importância da Família no Desenvolvimento dos Jovens Atletas

Palestrante: Raquel Melo. Bacharel em psicologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Mestra em neurociências e esporte pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social pela UERJ, professora universitária na UNESA e pesquisadora no Laboratório Olímpico do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

Organização – O 31º Campeonato Brasileiro Amador Pré-Juvenil, organizado pela Confederação Brasileira de Golfe, tem o apoio institucional do Comitê Olímpico do Brasil, além da Federação de Golfe do Estado do Rio de Janeiro e do Itanhangá Golf Clube.

 

 

Como posso te ajudar?

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.