Federação Paulista de Golfe

Notícias

  • Home >>
  • notícias
sexta-feira 27 de novembro de 2020

Aberto do Lago Azul: irmãos Grinberg tentam vencer o torneio juntos pela primeira vez

Gui defende o título ganho em 2018; Lauren busca sua quarta vitória em cinco anos

 

Lauren e Gui 650Embora tenham jogado lá a maior parte de suas carreiras e estejam há alguns anos entre os melhores amadores do Brasil, os irmãos Lauren e Gui Grinberg (nas fotos ao lado) nunca venceram juntos no Aberto do Lago Azul. Mas, este ano, é grande a chance de uma dobradinha da família, uma vez que ambos entraram como favoritos para vencer a 38ª edição do Torneio Aberto Masculino e Feminino do Lago Azul Golfe Clube, que será jogada neste final de semana, dias 28 e 29 de novembro, em Araçoiaba da Serra (SP), valendo para os rankings da Federação Paulista de Golfe (FPGolfe).

Veja horários de saída do primeiro dia

Gui, que hoje defende o São Paulo GC, venceu o Aberto do Lago Azul pela primeira vez, em 2019. Desta vez, ele busca o bicampeonato tendo como principais adversários Rafael Benadiba, do São Fernando; Matheus de Paula Oliveira, do Damha; e Enzo Lee, do São Fernando, que joga golfe há apenas dois anos, vem em ascensão meteórica e entra com handicap índex 2, o quarto melhor em campo. Destaque ainda para Pedro Gatti, capitão e melhor jogador da casa, que foi vice em 2019, e para Matheus de Oliveira e Rogerio Cardoso, ambos do Damha.

No feminino, Lauren busca seu quarto título em cinco anos, depois de ter sido tricampeã em 2016, 2017 e 2018. No ano passado ela não pode jogar por estar nos EUA, onde defende a Barry University na NCAA. Lauren terá como principal adversária Manu Barcellos, do Quinta da Baroneza, enquanto Gabriela Castro, do São Fernando, deve levar o título por handicap índex. Já Rosi Soares, que joga em casa e foi campeã em 2019, é favorita para vencer na segunda categoria de handicaps.

Protocolo de segurança – O Aberto do Lago Azul será jogado de acordo com o Protocolo de Competição FPGolfe – COVID-19, que faz parte integrante do regulamento do evento. As premiações serão feitas sem aglomeração.

A Comissão de Honra do Aberto do Lago Azul terá Ademir Mazon, presidente da FPGolfe, e Gustavo Bellini, presidente do clube anfitrião. A Comissão do Campeonato será composta por Luiz Recchia, Pedro Gatti (capitão), Claudio Mesquita, Mauricio Miranda, Mauro Gonçalves Batista, Silvia Fortes e Ellen Lopes. A Comissão de árbitros será formada por Claudio Mesquita, Mauricio Miranda e Mauro Batista, que também é o Diretor do Torneio.