Notícias

  • Home >>
  • notícias
quinta-feira 28 de abril de 2022

Aberto de Bastos: Leo Yoshikawa enfrenta forte grupo em busca seu oitavo título em 11 anos

Marcos Negrini, do Damha, que vem de quatro vitórias consecutivas, é o principal adversário

 

Leonardo Yoshikawa na banca do 7 1300

Leo Yoshikawa tenta vencer o torneio de seu clube pela oitava vez. Foto: Thais Pastor/F2 Assessoria

O 42º Torneio Aberto Do Bastos Golf Clube, que vai ser jogado neste final de semana, dia 30 de abril e 1º de maio, com patrocínio da Sasazaki, irá reunir muitos dos melhores golfistas de alto rendimento de São Paulo, a começar por Leo Yoshikawa, presidente do clube, que vai um busca de seu oitavo título em 11 anos. Apenas Roberto Gomez, que venceu 12 vezes o Aberto do Clube de Campo, onde joga, tem mais vitórias do que ele em um único evento.

Leo, no entanto, não terá uma tarefa fácil para ampliar seu recorde. Desta vez ele terá que enfrentar um forte grupo de jogadores, incluindo Marcos Negrini, do Damha, que vem de quatro títulos consecutivos. Negrini venceu o Aberto do Lago Azul, em fevereiro; o Aberto do Anexo Golf de Avaré, em março; e a etapa do Gorila Tour, no Damha, e o Aberto de Campinas, em maio.

Mais favoritos – Outros favoritos ao título são Alessandro Melle, que venceu o Campeonato Bandeirantes, no Ipê, em Ribeirão Preto, em março, evento de três dias válido para o ranking mundial; e Lucas Mendes Muiños e Armando Henrique Yoshiura, ambos de Bauru, completando a lista dos cinco jogadores que entram em campo com handicaps índex menores do que 0,4.

Para Armando, o jogo desta semana tem gosto de revanche, já que ao derrotá-lo no Aberto de Seu clube em março, onde terminou em segundo lugar, Yoshikawa impediu seu tetracampeonato. Bauru e Bastos tem uma história e trajetória muito semelhante, uma vez que ambos têm fundadores em comum e são campos com predomínio da colônia japonesa.

Seniores – Outra atração do Aberto de Bastos é a categoria Superseniores, para jogadores com 70 anos ou mais, uma tradição do clube que tem muitos golfistas ativos nessa faixa etária, fruto da tradicional longevidade japonesa. Em 2021 os superseniores foram responsáveis por mais dois recordes. O primeiro de Momose Yoshihide, de 79 anos, que jogou abaixo de sua idade na volta de abertura (78 gross). O outro foi de Miyoko Higashi, de 94 anos, que se tornou a jogadora mais velha a participar e terminar um campeonato aberto no país.

A categoria feminina também recebe especial atenção, sempre com grande participação no Aberto. Este ano, os destaques são Maria Aparecida Silveira, de Bauru, que vem de um tetracampeonato no Aberto de seu clube, e é uma das favoritas ao título, ao lado de Thessa Eagers, do Quinta do Golfe, de São José do Rio Preto; e de duas jogadoras da casa: Lídia Nishi Tsuru e Fani Emiko Kakimoto.

Social – Com a pandemia em seu final, a parte social do Aberto do Bastos voltou com força total. Este ano os participantes serão recebidos com um Churrasco de Boas-Vindas, na sexta-feira, 29, quando o campo estará aberto para treino até 16 horas; terão um Jantar de Confraternização, no sábado; e a festa de Entrega de Prêmios e Encerramento, com Paella Caipira.

Haverá prêmios para os campeões e vice scratch, do masculino e do feminino, para os dois melhores seniores scratch, com 70 anos ou mais, e para os três primeiros colocados das demais categorias. Além das categorias por handicap índex válidas para os rankings paulistas haverá premiação para os homens e mulheres com índex de 25,8 em diante e para os seniores (70 anos em diante) net.

Prêmios especiais – Também haverá prêmios especiais para o Drive mais Longo das categorias masculina, feminina e sênior (70+) e para a Bola mais perto da Bandeira nos buracos 5, 8, 12 e 16. Está permitido o uso de Golf Car pelos jogadores de todas as categorias de handicaps índex. O jogador da categoria masculina até 8,5 e feminina até 16,0 que optar pelo uso do Golf Car automaticamente concorrerá apenas na categoria net.

A Comissão de Honra do torneio terá Ademir Mazon, presidente da FPGolfe, e Leonardo Yoshikawa, presidente do Bastos. A Comissão do Campeonato será formada por Leonardo Yoshikawa, Matheus Mizuma (capitão), Mauro Batista, Claudio Mesquita, Fabio Fonseca Silva, Samara Lemos e Isaura Oda. Os árbitros serão Claudio Mesquita, Mauro Batista e Fábio Fonseca Silva. O Diretor Torneio é Mauro Batista.

Patrocinadores – O 42º Torneio Aberto do Bastos Golf Clube tem patrocínios de Sasazaki (Master), Nutri, Yamasa, Ovos Yoshikawa, Artabas, Granja Ono, Auster, Granja Uemura, Biosyn, Baser Agrocenter, Formalix, E-go, Royal Carts, Adpac e Regivet/Mcassab.

Veja horários de saída e resultados, quando disponiveis

 

Patrocinadores e Apoiadores do Golfe Solidário Brasil

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.