Notícias

  • Home >>
  • notícias
sexta-feira 09 de julho de 2021

Renato Silva, do Alphaville, assume liderança do Honda Open – Campeonato Bandeirantes

Manu Barcellos lidera entre as mulheres scratches. Demais categorias estreiam neste sábado

 

Renato Silva Filho lidera por duas no Lago Azul. Fotos: Thais Pastor/F2Assessoria

Renato Silva Filho lidera por duas no Lago Azul. Fotos: Thais Pastor/F2Assessoria

Renato da Silva Filho, do Alphaville Graciosa, do Paraná, fez dois birdies numa volta sem bogey para jogar 70 tacadas, duas abaixo do par, e assumir a liderança isolada do Honda Open – Campeonato Bandeirantes de Golfe 2021, que começou a ser jogado nesta sexta-feira, 9 de julho, no Lago Azul Golfe Clube, em Araçoiaba da Serra (SP), valendo para os rankings mundial (WAGR), nacional e estaduais. No feminino, a líder é Manoela Barcellos, do Quinta da Baroneza, que jogou 73 (+1) e abriu grande vantagem sobre as demais adversárias.

Manu Barcellos, líder no feminino

Manu Barcellos, líder no feminino

O Honda Open – Campeonato Bandeirantes é a primeira competição do ranking nacional e mundial jogada desde março de 2020, depois de 16 meses de recesso por causa da pandemia. Muitos dos golfistas de alto rendimento desse torneio, que prossegue até domingo, voltam a campo de quarta a sexta-feira da próxima semana, 14 a 16 de julho, para o Campeonato Juvenil e Júnior de Inverno de São Paulo, no São Fernando GC, em Cotia (SP), para mais um evento do ranking mundial.

Liderança – Renato fez birdies em dois dos quatro pares cinco do campo e par nos outros 16 buracos, para abrir duas tacadas de vantagem sobre os adversários. O segundo lugar, com 72 tacadas, o par do campo, é dividido por Thomas Choi São Paulo GC, que fez um eagle-3 e três birdies, dois deles nos dois buracos finais, mas também dois duplos bogeys e um bogey; e por Arthur Locoman, do Clube Curitibano, que fez dois birdies em pares cinco e dois bogeys.

Marcos, o mais jovem dos irmãos Park, do Paradise, em versão “repaginada”, bem mais esbelto do que antes da pandemia, jogou três abaixo nos primeiros cinco buracos, devolveu sete tacadas, incluindo um triplo e um duplo bogeys, nos quatro buracos finais, e fechou o dia com eagle no 18 para jogar 74 (+2). Ele divide o quarto lugar com Rafael Bernardi, do Ponta Grossa, que fez eagle no 3 – junto com Choi, que jogava no mesmo grupo – chegou a três abaixo com birdie no 6, mas fez cinco bogeys até o final.

Victor dos Santos, do Alphaville, vem a seguir, com 75, seguido por Fernando Augusto Silva, do Campinas Golf Center, com 76. Em oitavo, com 77 (+5), completando os Top 10, estão João Pedro Bossetto, do Arujá, Homero de Toledo, do Alphaville, e Gui Grinberg, do Lago Azul, que viu sua volta ruir em dois buracos, com um duplo bogey no 13 e um quádruplo bogey-9, no 14.

Feminino – Manu Barcellos, outra que perdeu peso na mesma proporção em que melhorou seu jogo, copiou o cartão nos 12 primeiros buracos e fechou a volta com um birdie e dois bogeys, para liderar com 73 (+1) e abrir oito tacadas de vantagem sobre Fernanda Lacaz, do São Fernando. Fernanda jogou uma abaixo nos oito primeiros buracos, mas depois devolveu dez tacadas, com dois duplos bogeys e seis bogeys, em buracos consecutivos.

Marina Nonaka, do Arujá, a jogadora de menor handicap em campo, abriu o dia com um duplo bogey e fechou a rodada com um quíntuplo bogey -10, no 18, para jogar 82, dez acima, e ficar em terceiro lugar. Ana Sung Marques, do Arujá, vem em quarto, com 86, uma tacada à frente de Samire Oliveira, do Arujá, e de Corina Barcellos, mãe de Manu, do Quinta da Baroneza, que voltou a competir depois de muito tempo. Graças à presença de Corina a competição feminina atingiu o mínimo de oito jogadoras exigido para valer para o ranking mundial.

Além dos scratches, que jogam 54 buracos até domingo, neste final de semana entram em campo os jogadores de handicap de 8,6 em diante, e a jogadoras com 16,1 ou mais, que competem apenas pelo ranking da Federação Paulista de Golfe (FPGolfe). A rodada terá saídas por dois tees (1 e 10) a partir das 7 horas. Os últimos grupos começam suas voltas às 12h58.

Hole-in-one – A Honda, maior patrocinadora do golfe brasileiro, está oferecendo uma moto Honda Elite 125 para quem fizer hole-in-one no buraco 8. Valem todas as rodadas até domingo. Se mais de um golfista fizer hole-in-one no buraco 8, a moto será sorteada entre eles.

A Honda Elite oferece um moderno painel, 100% digital, com velocímetro, relógio, hodômetro e luz-espia, além de marcar o nível de combustível. A Honda Elite tem ainda câmbio automático, que torna a pilotagem muito mais prática e fácil. É só acelerar e frear. E conta com iluminação de LED, o que melhora a visibilidade do piloto.

Resultados completos

 

Como posso te ajudar?

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.