Notícias

  • Home >>
  • notícias
segunda-feira 20 de dezembro de 2021

Juvenil de Verão – Marina Nonaka vence com melhor resultado do ano e dispara como nº 1 do Brasil

Rafael Benadiba vence no masculino em torneio válido ainda para o Brazil Invitational, do US Kids

 

Fotos: Thais Pastor/F2 Assessoria

Fotos: Thais Pastor/F2 Assessoria

Marina Nonaka, do Arujá, fez birdies nos quatro últimos buracos para jogar sua segunda volta consecutiva abaixo do par e vencer o 32º Campeonato Juvenil de Verão do Estado de São Paulo, dias 16 e 17 de dezembro, no São Paulo Golf Club, em São Paulo (SP), valendo para o ranking nacional. No masculino, Rafael Benadiba, do São Fernando, foi o campeão do torneio disputado paralelamente ao Brazil Invitational, do Brasil Kids Golf Tour, que valeu para o calendário Internacional do US Kids Golf.

Internas invitational kidsVeja as fotos da premiação
Aguarde álbum completo neste mesmo link

Há 13 meses Marina vive a melhor fase de sua carreira, iniciada em novembro de 2020, quando venceu seu primeiro Aberto, no Arujá. Pouco depois, venceu o Juvenil do Estado de São Paulo, que encerrou a temporada nacional juvenil de 2020. Em maio deste ano, Marina venceu duas etapas do Torneio Juvenil de São Paulo e, em setembro, venceu novamente o Aberto do Arujá, desta vez valendo para o ranking mundial amador de golfe (WAGR), onde entrou graças a esse título.

Disparada - Desde então, Marina foi vice-campeã do Aberto do SP e do Sul-Brasileiro, venceu a etapa do Rio Grande do Sul Tour Nacional Juvenil e foi vice-campeã do Amador do Brasil, todos torneios válidos para o WAGR. Desde julho, Marina jogou sete torneios do ranking nacional, venceu três e foi vice em quatro, para terminar o ano disparada como a número 1 do Brasil. Marina também está na 1007ª colocação do WAGR, como a segunda melhor brasileira da lista.

Marina fez 11 birdies nos dois dias para ser campeã geral e da categoria juvenil (16 a 18 anos), com 142 (71-71) tacadas, duas abaixo do par. Ela nunca havia jogado duas voltas abaixo do par antes. Gabriela Castro, do São Fernando, outra juvenil revelação do golfe brasileiro, foi a vice-campeã da etapa com 157 (79-88) tacadas. Maria Luiza Soares, do Porto Alegre CC, ficou em terceiro com 160 (81-79), seguida por Maria Eduarda Ferraz Souza, do Arujá, com 173 (88-85). Maria Luiza foi a campeã pré-juvenil (14 e 15 anos). Na até 13 anos venceu Gabriela Castro, Maria Eduarda Cheuiche, do Dunas Clube, com 165 (82-83), Maria Eduarda Ferraz Souza e Gabriele Rodrigues, do Arujá, com 187 (93-94).

Masculino – Benadiba, que está indo morar e jogar nos EUA foi campeão com 144 (71-73) tacadas, duas acima do par. Pedro Pelicioni, do Ipê (74-81) e Guilherme Ziccardi (75-80), do Clube de Campo empataram em segundo, com 155. Eduardo Yuji Nonaka (86-78) e Nick Song, do São Fernando (87-77) dividiram o quarto lugar, com 164.

Benadiba foi ainda o campeão juvenil seguido por Pelicioni e Nick. Ziccardi venceu na pré-juvenil, seguido por Yuji e Fernando Kireeff, do Fazenda da Grama, com 171 (86-85). Guilherme Yoshikawa, do Bastos, levou o troféu da até 13 anos com 166 (84-820 tacadas.

Kids – O melhor resultado do Brazil Invitational, do Brasil Kids/US Kids, foi feito pelo paraguaio Maximo Oviedo, que venceu na 10 anos com 136 (68-68) tacadas, oito abaixo do par. Já o segundo melhor resultado foi de Lorenzo Almeida, campeão da 7 anos, com 70 (33-37) tacadas, duas abaixo do par. Nas faixas etárias menores são jogados nove buracos por dia. Destaque ainda para a paraguaia Helena Oviedo Blanco, única competidora da até 8 anos, que somou 73 (37-46) tacadas, uma acima. Houve ainda um francês em campo, Jean Imperiali de Franca Villa, que venceu na 8 anos com 79 (39-40) tacadas.

Todos os outros vencedores foram brasileiros. Arthur Kerr foi campeão da até 6 anos, com 84 tacadas, mesmo resultado de Leonard Kamrath, que ficou em segundo ao perder no playoff. Luca Almeida, irmão mais velho de Lorenzo, ganhou na 9 anos com 146 (73-73) tacadas, duas acima. Na 11 anos ganhou Arthur Fernandes, com 169 (88-81), e na 12 anos ganhou Rafael Quadros com 169 (80-80). Paco Casini, de Búzios, ganhou na 13 e 14 anos, com 182 (81-81), enquanto Pelicioni ganhava na 15 a 18 anos com 155 (74-81).

No feminino, Alexa Alonso venceu na 9 e 10 anos, com 80 (38-42) tacadas; Maria Antônia Gavião, de Porto Alegre, ganhou na 11 e 12 anos, com 158 (82-76); e Gabriela Castro foi campeã na 13 e 14 anos, com 157 (79-78). Esses foram os últimos torneios de 2021 válidos para os rankings nacional, estadual paulista e do Brasil Kids.

Resultados Juvenil de Verão

Resultados Brazil Invitational

Patrocinadores e Apoiadores do Golfe Solidário Brasil

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.