Notícias

  • Home >>
  • notícias
quinta-feira 21 de julho de 2022

Juvenil de SP: Ziccardi dispara na liderança e pode entrar para o WAGR. Marina vira jogo

Entre os pré-juvenis, os novos líderes no Clube de Campo, são Brezolin e Isadora

 

Guilherme Ziccardi approach 1280

Guilherme Ziccardi pode se tornar o 31º brasileiro a entrar para o WAGR. Fotos: Thais Pastor/F2 Assessoria

Internas JuvSP D2

Guilherme Ziccardi, que joga em casa, ficou mais perto de entrar para o ranking mundial amador de golfe (WAGR) ao disparar na liderança do 33º Campeonato Juvenil do Estado de São Paulo, após a segunda das três rodadas da competição, disputada nesta quinta-feira, 21 de julho, no Clube de Campo de São Paulo, na capital paulista. Para entrar para o WAGR é preciso vencer um torneio válido, como o desta semana, que conta ainda pontos para o Tour Nacional Juvenil e para os rankings estaduais.

Ao lado, de cima para baixo: Marina Nonaka, Bernardo Brezolin e Isadora Fernal

Ziccardi saiu líder ao jogar 70 (-1), na quarta-feira, única volta abaixo do par até agora, e ampliou sua vantagem ao marcar 72, uma acima, nesta quinta-feira, e completar os primeiros 36 buracos com 142 tacadas, o par do campo, com dois birdies e três bogeys na rodada. O líder tem agora nove tacadas de vantagem sobre Pedro Miyata, do São Fernando, que vem em segundo, com 151 (74-77), nove acima. Miyata, que fez dois birdies, seis bogeys e um duplo bogey neste segundo dia, também busca sua primeira vitória num torneio do WAGR.

Bernardo Brezolin, do Dunas Clube, subiu para terceiro, com 154 (75-79) tacadas, 12 acima, seguido pelo paraguaio Victor Hammond, do Iguassu Golf, com 155 (74-81), e por dois jogadores empatados em quinto, com 157: Paco Casini, do Campo Olímpico (79-78) e Wesley Bairros, do Porto Alegre Country Club (80-77).

Na classificação exclusiva dos juvenis (16 a 18 anos), Ziccardi lidera, seguido por Miyata e Wesley. Entre os pré-juvenis (14 e 15 anos), Brezolin vem em primeiro, seguido por Hammond e Paco. Na até 13 anos, João Ricardo Vianna, de Londrina, lidera com 181 (87-94), seguido por Pedro Cordeiro, do Belém Novo, com 188 (88-100); e por Francisco Bromberg, do Curitibano, com 196 (102-94).

Feminino – Entre as meninas, com o colapso de Maria Luiza Soares, do Country gaúcho, líder da véspera, que jogou 89 tacadas, sem nenhum birdie e com apenas quatro pares, e caiu para o quinto lugar, foi grande a reviravolta no placar, a começar por Marina Nonaka, do Arujá, a número 1 do Brasil, que depois de uma fraca estreia jogou o par do campo, a melhor volta do torneio feminino até agora, para assumir e disparar na liderança, com 150 (79-71) tacadas, oito acima.

Marina tem agora nove de vantagem sobre Isadora Fernal, de Poços de Caldas (MG), que assumiu o segundo lugar com 159 (80-79) tacadas, seguida pela paraguaia Isabella Hammond, do Iguassu Golf, com 163 (83-80); Maria Eugenia Peres, do Campestre de Pelotas, com 164 (86-78); Maria Luiza, com 165 (76-89), e Martina Collares, sua companheira do Porto Alegre CC, com 166 (80-86).

Na classificação das juvenis, Marina lidera, seguida por Martina e por Beatriz Pinheiro, do Curitibano, que tem 171 (81-90) tacadas. Na pré-juvenil, Isadora lidera, seguida por Isabella, Maria Eugenia e Maria Luiza. Na até 13 anos, Josefina Serrani, do Itanhangá, lidera com 197 (98-99), seguida por Ana Fabia Matsuzaki, de Londrina, com 213 (104-109). E na até 11 anos, Alexa Alonso, do Terras de São José, soma 190 (97-93).

Resultados e horários de saída

Patrocinadores e Apoiadores do Golfe Solidário Brasil

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.