Federação Paulista de Golfe

Notícias

  • Home >>
  • notícias
segunda-feira 27 de agosto de 2018

Marcos Negrini, do Damha, vence 10º Aberto Internacional Terras do Golfe – Taça Pantanal

Torneio animado por duas grandes festas, reuniu golfistas de 12 clubes, de quatro estados

 

Marcos Negrini 1200

Marcos Negrini, campeão de ponta a ponta em Campo Grande (MS)

Marcos Negrini, do Damha, confirmou seu favoritismo ao vencer de ponta a ponta o 10º Aberto Internacional Terras do Golfe – Taça Pantanal, disputado sexta-feira e sábado, 24 e 25 de agosto, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. O torneio válido para os rankings masculino e feminino, scratch e com handicap índex, da Federação Paulista de Golfe (FPG), reuniu jogadores de 12 clubes de quatro estados brasileiros: os anfitriões, do Mato Grosso do Sul, além de Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo.

POdio TG ruim 300 vert

Pódio Scratch, com Matheus, Negrini e Miranda

Negrini foi campeão com 152 (74-78) tacadas sem ser ameaçado por Paulo Miranda, que deu o vice-campeonato ao clube anfitrião ao somar 173 (84-89). O pódio masculino foi completado por Matheus de Paula Oliveira, do Damha, terceiro colocado com 177 (86-91) tacadas. Albino Coimbra, do Terras do Golfe, com 183 (94-89), e Kenji Amano, de Bastos, com 184 (93-91), completaram os Top 5.

Handicaps - Na categoria com handicap índex até 8,5, o troféu de campeão ficou para Albino Coimbra, com 163, seguido por Kenji Amano, com 164, e por João Moraes, com 175. Na 8,6 a 14, Júlio Francisco Oliva Ramos venceu com 150 tacadas, no desempate com seu companheiro do Terras do Golfe Toshiaki Iasuda, que jogou pior no segundo dia e ficou com o troféu de vice-campeão. Ademir Mazon, do Sapezal, vice-presidente da FPG, ficou em terceiro, com 158.

Na 14.1 a 19,4, num pódio só da casa, mais uma decisão no desempate, com Marcelo Brun Bucker levando a melhor sobre Pedro Beolchi, após empate em 151 tacadas. Luiz Francisco Ferreira ficou em terceiro, com 153. E na 19,5 a 25,7, o juvenil Joaquim Alencar Cavalcante, do Terra Selvagem (MG), superou dois jogadores da casa ao somar 126 tacadas, depois de uma estreia com 59 net. Nelson Leite foi o vice, com 132, seguido por Áureo Andrade Freitas, com 153.

Mais premiados - Joaquim Alencar Cavalcante levou também o título da categoria juvenil, com 126 tacadas, contra 129 de José Pedro Coimbra e 141 de João Paulo Miranda. No feminino, a campeã também foi da casa, com Andreia Munaro vencendo, com 157 tacadas, seguida por Leticia Mont’Serrat, do Club Athletico Paulistano, com 158, e por Graciela Zermiani, do Terra Selvagem, com 174.

Houve ainda duas categorias extras, não válidas para o ranking da FPG, no sistema stableford. No masculino, em outro pódio só da casa, Fabio Alex Roder venceu com 77 pontos, contra 75 de Rildo Silva e 71 de Paulo César Beppler. Na feminina para convidadas, Paula Beolchi venceu com 61 pontos, contra 50 e Larissa Yonamine e 46 de Ana Karolina Loss.

Prestígio - A diretoria da Federação Paulista de Golfe, à qual o Terras do Golfe é filiado, prestigiou o torneio com a presença de seu presidente, Antônio Carlos Padula, do Itapeva, e de seus vices Eduardo Bradaschia, do São Paulo Futebol Clube Golfe, e Ademir Mazon, que subiu ao pódio na 8,6 a 14.

O torneio foi marcado por duas grandes festas para comemorar os dez anos do maior evento do clube. Na sexta, após o primeiro dia de jogo, foi servida uma hamburgada da Exp Burgers. No sábado, houve a tradicional festa de encerramento, com comida e bebida All Inclusive, com muita música, brindes e animação.

Resultados completos