Federação Paulista de Golfe

Notícias

  • Home >>
  • notícias
sábado 12 de maio de 2018

Aberto Feminino do São Fernando: Paraguaias fazem dobradinha no individual e vencem duplas

Andre Arruda, terceira no geral, foi a melhor brasileira em campo. Torneio valeu para o ranking mundial

 

Antonio Carlos Padula com a dupla campea Giovanna e Maria Bethania Fernandez, do Paraguai 650

Antonio Padula com a dupla campeã por equipes e campéã e vice no individual, Giovanna e Maria Bethania Fernandez, do Paraguai. Fotos: Thais Pastor/F2 Comunicação

As paraguaias levaram todos os prêmios que podiam no 31º Aberto Feminino do São Fernando Golf Club – Taça Pee-Wee, competição internacional encerrada neste sábado, 12 de maio, em Cotia (SP) e que valeu pontos para o Ranking Mundial de Golfe Amador (WAGR) e para o ranking nacional. Elas fizeram dobradinha no individual e venceram a Taça Pee-Wee, de duplas, jogada paralelamente e que homenageou Yolanda Figueiredo, uma das mais importantes jogadoras e dirigentes do golfe brasileiro.

Veja dezenas de fotos da premiação, em alta definição, no final da reportagem (clique na imagem para abrir em tela cheia)

A juvenil paraguaia Giovanna Fernández, de handicap índex -3,3 e número 204ª do ranking mundial de golfe amador, confirmou seu favoritismo ao vencer de ponta a ponta com 219 (72-76-71) tacadas, seis acima do par. Neste sábado, na volta final, ela fez três bogeys de ida, mas se recuperou com três birdies nos nove buracos finais para ser campeã por 19 tacadas de vantagem sobre a também juvenil paraguaia Maria Bethania Fernández, que somou 238 (79-81-78).

Brasileiras - Andrea Arruda e a juvenil Fernanda Lacaz, ambas do São Fernando, dividiram a honra de serem as melhores brasileiras do torneio, empatadas em terceiro lugar, com 144. Andrea, no entanto, levou a medalha de bronze nos critérios de desempate. Daniela Arantes, do São Fernando, que começou o dia em segundo e saiu no pelotão caiu para o quinto lugar, com 245 (80-79-86), seguida por Roberta Moretti Avery, do Poços de Caldas, com 249 (85-85-79),

Na classificação por handicaps índex até 16, a campeã foi Beth Buny, do São Fernando, que somou 221 (72-75-74) tacadas. O pódio foi completado por Fernanda Lacaz, com 223 (76-71-76), e por Leticia Mont Serrat, do Club Athletico Paulistano, com 224 (79-75-70) que fez a única volta abaixo do par – gross ou net – de toda a semana.

Mais premiadas - Entre as que jogaram 36 buracos, Samara Benegas, do São Fernando, venceu na 16,1 a 25,7, com 150 (75-75) tacadas, seguida por Mary Hirai, do São Fernando, com 154 (77-77) e por Chieko Takita, do PL, com 155 (77-78). E na 25,8 a 31,6, no sistema stableford, Catherine Duvignau, do São Fernando, foi campeã com 69 pontos, seguida por Marx Fabietti, do São Fernando, com 61, e por Elisabeth Yoshida, do São Fernando, com 60.

A capitã Adelina Garcia de Souza comandou a entrega de prêmios, que teve a mesa composta por Antônio Padula, presidente da Federação Paulista de Golfe (FPG); Edson Santos, vice-presidente do clube; Rodrigo Somlo, o capitão; e Jaime Gonzalez, head-pro, além de patrocinadores.

Duplas - Na Taça Pee-Wee as juvenis paraguaias venceram de ponta a ponta com 457 tacadas, contra 489 do São Fernando, defendido por Daniela e Andrea. O time da Federação Paulista de Golfe (FPG), com Fernanda e Samire Oliveira, ficou em terceiro com 495, seguido pelo do Brasil (Roberta Avery e Ana Sung Marques), com 512; e pela Federação de Golfe do Estado do Rio de Janeiro (Vitória Monteiro e Thuane Oliveira), com 542.

Patrocínio - O 31º Aberto Feminino do São Fernando Golf Club – Taça Pee-Wee teve patrocínio máster da New Core e apoios de Andiamo Ristorante, Aspen Snowmass, BEM Emergências Médicas, Copag, Groovy Forever, Henrimor Joalheria, Limelight Hotel – Aspen, Moinhotur, Sofitel, Spec, Visco, Viva Amazon e Bueno Wines, que está servindo o espumante Desirée Brut Rosé, produzido pelo apresentador Galvão Bueno, que produz vinhos e azeites de alta qualidade, no Brasil e na Itália.

A organização foi do São Fernando Golf Club (SFGC), com supervisão da Federação Paulista de Golfe (FPG) e do World Amateur Golf Ranking (WAGR), que pela primeira vez teve um torneio exclusivamente feminino em São Paulo.