quarta-feira 02 de agosto de 2017

Ranking Paulista Scratch: Jinbo, do TSJGC, e Lauren, do LAGC, lideram por ampla margem

 Confira quem ganhou e quem perdeu posições, antes da disputa do Aberto do Estado, no Damha

 

Jinbo Há, número 1 do Ranking Paulista Scratch

Jinbo Há, número 1 do Ranking Paulista Scratch

Jinbo Há, do Terras de São José, e Lauren Grinberg, do Lago Azul, são os líderes, por ampla margem, do Ranking Paulista de Golfe Adulto Scratch, masculino e feminino, após a disputa dos últimos torneios: o Aberto do Ibiúna, no último final de semana, para os homens, e o Amador do Brasil, no começo de julho, para as mulheres. O próximo torneio válido para os rankings masculino e feminino é o Campeonato Aberto do Estado De São Paulo de 11 a 13 de agosto – sexta-feira a domingo da próxima semana, no Damha Golf Club, em São Carlos, que vai substituir a pontuação da edição anterior e valer pelos próximos 12 meses

rankings SP pos IbiunaNo ranking scratch masculino Jinbo tem grande vantagem sobre Pero Nagayama, do São Fernando, o número 2, e ambos estão bem à frente dos demais. Mas para os demais Top 10 a classificação continua embolada e houve várias mudanças na tabela, a começar por Fernando Augusto Silva, da Academia GolfRange Campinas, que subiu uma posição, para voltar ao quarto lugar, após ser vice-campeão em Ibiúna, derrubando Lucas Park, do Paradise, para quinto.

Mais mudanças - Outros a ganhar posições foram Filipe Rossi, do São Paulo, que subiu do oitavo para o sexto lugar; Paulo Vitor Mattos, do Ipê, que passou de nono para sétimo; Guilherme Grinberg, do Lago Azul, que melhorou de décimo para nono; e Matheus Park, do Paradise, a novidade entre os Top 10. Quem saiu do topo da tabela foi Pedro da Costa Lima, o Pepê, que perdeu pontos por não jogar e saiu de sexto para 11º.

No feminino, não houve torneios válidos para o ranking paulista scratch após o Amador do Brasil. Lauren lidera com quase quatro vezes os pontos de Roberta Moretti Avery, a segunda colocada, e a principal mudança na tabela foi a ascensão de Fernanda Silva, do Golfe Nota 10, do 14º para o quarto lugar.

Pontuação – Em ambos os rankings valem os oito melhores dos últimos dez resultados, mais os pontos do Aberto do Estado, que valem sempre. Há cinco diferentes tabelas de pontos conforme o campo (nove ou 19 buracos), a quantidade de dias de jogo (36 ou 54) buracos, incluindo tabelas exclusivas para os torneios do ranking nacional e para o Aberto do Estado e Bandeirantes.

Em cada torneio há acréscimo de pontos conforme a quantidade de jogadores ranqueados participantes. Mas para pontuar é exigido um índice técnico mínimo (corte), que é o par do campo mais oito vezes o número de dias do torneio para os homens e par mais 12 vezes o número de dias para as mulheres. E há ainda bônus progressivos para quem jogar abaixo do course rating do campo.

Benefícios FPG - Para incentivar a melhora do índice técnico de seus jogadores, a Federação Paulista de Golfe oferece benefícios para os melhores jogadores dos rankings scratch, que incluem o pagamento de passagens aéreas, hospedagem e taxa de inscrição para quem for disputar eventos válidos para o Ranking Nacional com benefícios.

Para isso, é preciso estar entre os cinco primeiros colocados e ter handicap índex máximo de 3,5 para os homens e 5,2 para as mulheres. Em cada torneio do Ranking Nacional com benefícios a FPG oferece esses prêmios aos três primeiros homens e às duas primeiras mulheres do ranking que se enquadrem no previsto acima.

Rankings atualizados

Regulamento do Ranking Paulista Scratch

Lauren Grinberg, número 1 do Ranking Paulista Scratch

Lauren Grinberg, número 1 do Ranking Paulista Scratch





Federação Paulista de Golfe