World Amateur Golfers Championship - Brasil 2017

Compartilhe:

20/07/2017

WAGC 2017: seletivas no Imperial classificam 14 para a final nacional do Mundial Amador

Acima, Luiz Recchia e Vitor Pimenta. No final, de cima para baixo, da esquerda para a direita: Paulo Tambara e Airton Minari; Marcos Inchausti e Fabio Bressane; Fernando Braga e Antonio Padula; e Paulo Souza e Sandro Conceição

As duas seletivas abertas a todos os jogadores interessados, realizadas neste final de semana, sábado 1º de junho, e domingo, 2, pela Federação Paulista de Golfe (FPG), no Imperial Golf Club (IMGC), em Bragança Paulista (SP), classificaram mais 14 golfistas para disputar a final nacional do World Amateur Golfers Championship (WAGC), dia 29 de setembro, no Terras de São José Golfe Clube, em Itu (SP), juntamente com os selecionados nas seletivas dos clubes inscritos. Na final brasileira, em Itu, haverá aproximadamente 100 jogadores, 20 por categoria de handicap índex (até 5; de 5,1 a 10; de 10,1 a 15; de 15,1 a 20; e de 20,1 a 25), disputando cinco vagas para a final mundial do WAGC, uma por grupo.

Os ganhadores de cada uma das cinco categorias da final nacional irão representar a FPG e o Brasil na final mundial do WAGC, de 18 a 25 de novembro de 2017, em Kuala Lumpur, na Malásia, com tudo pago. Estão incluídos no pacote passagens aéreas, transporte dentro da Malásia, estadia, alimentação, uniformes e inscrição no WAGC. A final mundial do WAGC reunirá equipes de 70 países para um evento que promete ser inesquecível, dando a oportunidade de golfistas com handicap jogar num evento com o status e a estrutura de um grande torneio do PGA Tour ou Tour Europeu.

Classificados sábado - Na primeira das duas seletivas do Imperial, sábado, houve disputas em três categorias, cada uma delas classificando dois jogadores para a final nacional. Na de 10,1 a 15, os medalhistas foram Soren Thorgaard, do São Francisco, com 75 tacadas, e Sérgio Araújo, do Arujá, com 77. Na de 15,1 a 20, a primeira vaga ficou para Flavio Cabral Costa, do Japy, com 62, o melhor net dos dois dias do evento, e a segunda para Wilson Correa, do São Paulo Futebol Clube Golfe, com 81. E na de 20,1 a 25, ganharam vagas o presidente da FPG, Antônio Padula, do Itapeva, com 71 tacadas, e José Fernando Braga Alves, do Bauru, com 72.

Classificados domingo - Na segunda seletiva, domingo, houve disputas em mais quatro categorias, e oito classificados. Na de 5,1 a 10, Paulo Ronaldo de Souza, da Fazenda Santo Antônio, ficou em primeiro, com 75 tacadas, e Sandro Conceição, do São Paulo Futebol Clube Golfe, em segundo, com 78. Na de 10,1 a 15, as vagas ficaram para Luiz Claudio Recchia, do Avaré, vice-presidente Técnico da FPG, com 74 tacadas, e para Vitor Pimenta Jr., da Fazenda Boa Vista, com 79.

Na de 15,1 a 20, Airton Minari, do Paradise, foi o primeiro colocado, com 72 tacadas, enquanto Paulo Tambará, do Bauru, jogava 74 para ficar com a segunda vaga, ao superar no desempate Adriano Marchetto, do Terras de São José, que também jogou 74, mas que perdeu a vaga por ter jogado pior nos nove buracos finais (35 a 38). E na categoria de 20,1 a 25, Fabio Bressane, do Poços de Caldas, foi o medalhista, com 76 tacadas, com Marcos Inchausti, do Vista Verde, levando a vaga final, com 85.

Clubes - Todos os classificados no Imperial ganharam medalhas de ouro e prata, oferecidas pela Federação Paulista de Golfe em todos os seus eventos, dentro do espírito olímpico. Alguns dos 16 clubes inscritos, que realizam seletivas internas próprias, já estão definindo seus classificados para jogar em Itu. Em breve começaremos a divulgar os resultados.

todas as despesas pagas

Participe deste evento

Fazer inscrição

Realização

Apoio