Federação Paulista de Golfe

Notícias

  • Home >>
  • notícias
quinta-feira 16 de abril de 2020

Vídeo – Entrevista com Melinda Macfarlane e seu mestrado sobre os Benefícios do Golfe para o Parkinson

Profissional do PGA France desenvolve estudo sobre a doença que é comum e não se restringe aos idosos

 

por | Ricardo Fonseca

Uma das melhores amadoras do Brasil e número 1 do ranking fluminense na década de 90 e começo dos anos 2000, Melinda Anne Macfarlane formou-se em Educação Física e se especializou no trabalho com idosos. Hoje radicada na França, onde fez um curso de 18 meses com provas práticas e teóricas para ser profissional e professora de golfe habilitada pela PGA France, Melinda é agora financiada pelo governo da França para fazer um mestrado onde estuda os benefícios do golfe para quem sofre da Doença de Parkinson.

Essa doença degenerativa do sistema nervoso central, crônica e progressiva, e que muitas vezes demora a ser diagnosticada, não se restringe a idosos, podendo se manifestar na faixa de 40 ou 50 anos, como vários dos voluntários do Mestrado de Melinda, que encontraram no golfe a esperança de uma maior qualidade de vida.

Resumo da tese de mestrado de Melinda (em pdf)

Assista ao vídeo e entenda a importância do trabalho da brasileira