Federação Paulista de Golfe

Notícias

  • Home >>
  • notícias
segunda-feira 11 de março de 2019

Thomas Choi melhora de resultado a cada dia para terminar em 12º em Viña del Mar

Ninguém conseguiu terminar abaixo do par no Internacional Juvenil no CC Granadilla

 

Thomas Choi. Foto: Thais Pastor/F2 Comunicação

Thomas Choi. Foto: Thais Pastor/F2 Comunicação

Numa semana difícil para todos, onde ninguém conseguiu terminar abaixo do par, Thomas Choi, do São Paulo GC, melhorou de resultado a cada dia para terminar em 12º lugar no 34º Aberto Internacional Juvenil do Club de Campo Granadilla, em Viña del Mar, região de Valparaíso, no Chile. Fernanda Lacaz, do São Fernando, também viajou na equipe da Federação Paulista de Golfe (FPG), mas foi desclassificada na metade da volta final por iniciar um buraco sem se dar conta que terminara o anterior com a bola errada. A competição valeu para o ranking mundial amador de golfe (WAGR).

Depois de uma má estreia, Choi, atual campeão brasileiro juvenil e número 1 dos rankings paulista e brasileiro até 18 anos, teve chance de terminar entre os Top 10, mas um triplo bogey no buraco 15 da terceira e última rodada do torneio, o fez perder várias posições. Para viajar, Choi, que fez oito birdies na semana, três na volta final, teve que antecipar o treinamento para o Sul-Americano Juvenil realizado neste final de semana, no São Paulo Golf Club, com o coach nacional Erik Andersson e o diretor técnico Roberto Gomez (saiba mais no Portal Brasileiro do Golfe).

Desclassificação – Com a desclassificação de Fernanda, o Brasil não terminou o torneio feminino, nem o Torneio de Duplas Mistas da competição. O problema com Fernanda aconteceu no buraco 10, quando sua tacada inicial foi parar à direita, em meio às árvores. Havia um fore caddie no local, a bola não foi encontrada até quase o final do tempo permitido para a busca, de três minutos [nova Regra do Golfe 18.2a (1) - antes o tempo era de cinco minutos]. Quando o tempo estava terminando, encontraram uma Titleist 4, como a que ela usava, perto da raiz de uma árvore.

Fernanda bateu de lá e terminou o buraco. Como o grupo havia se atrasado, ele bateu a tacada inicial no buraco 11 e continuou jogando. Só no green do 11, ao marcar a bola, Fernanda se deu conta de que havia batido a bola errada. Se ela visse o erro antes de começar a jogar o buraco 11, poderia voltar, corrigir o erro pagando tacada e distância pela bola perdida (todas as tacadas subsequentes não contam) e mais duas tacadas por bater a bola errada (penalidade geral). Mas ao começar o buraco 11 sem corrigir o erro, Fernanda incorreu na penalidade de desclassificação prevista na Regra 6.3c (1) – começar um buraco sem terminar o anterior (como a bola não era a dela, ela nunca terminou o buraco).

Convite - Thomas Choi e Fernanda Lacaz viajaram acompanhados de Mauro Batista, diretor-executivo da Federação Paulista de Golfe (FPG), entidade convidada para representar o Brasil no torneio, ao lado de muitos dos melhores golfistas de até 18 anos do continente, incluindo jogadores da Argentina, Chile, Uruguai e Equador. A organização é da Golf Juniors de Chile, e da Federação Chilena de Golfe, em parceria com o Club de Campo Granadilla.