Federação Paulista de Golfe

Notícias

  • Home >>
  • notícias
segunda-feira 25 de fevereiro de 2019

Tour Juvenil SP – Matheus Park vence de ponta a ponta, com Pedro Marchioni vice

No feminino, Fernanda Lacaz derrota Meilin Hoshino com birdie no desempate

 

Campeoes Maria Fernanda Lacaz e Matheus Park 650Num dia em que quase todos pioraram seus resultados, Matheus Park, do Paradise, foi um dos que menos errou para vencer de ponta a ponta a etapa de abertura do Torneio Juvenil do Estado de São Paulo, encerrada neste domingo, 24 de fevereiro, no Guarapiranga Golf & Country Club, na zona sul da capital paulista, ao lado da Represa de Guarapiranga. No feminino, vitória de Fernanda Lacaz, do São Fernando, no desempate contra Meilin Hoshino, do São Paulo, a juvenil nº 1 do país.

Veja, no final do texto, o álbum com todas as fotos da premiação
Aguarde álbum completo

A competição organizada pela Federação Paulista de Golfe (FPG), que tem a Honda como apoiador institucional, é o mais forte circuito juvenil estadual do país, reunindo os campeões brasileiros juvenis e pré-juvenis e os líderes dos rankings nacionais da categoria. O torneio, que valeu pontos para os rankings da FPG até 18 anos foi jogado no bem cuidado, bonito e desafiador percurso de par 71 (37-34) e configuração peculiar, com três pares 5 e dois pares 3, de ida, e um par 5 e três pares 3, de volta.

Vitória - Matheus, que teve o irmão mais velho Lucas, que este ano não é mais juvenil, como caddie, começou o dia vencendo por três, depois de fazer, no sábado, a única volta abaixo do par da semana. Ele disparou na frente ao jogar o par nos nove primeiros buracos, com um birdie e um bogey, e ampliar sua vantagem para sete tacadas. Isso lhe deu margem para errar muito na segunda metade do campo, onde fez dois bogeys e um duplo bogey, e ainda ser campeão por cinco de vantagem, com 145 (70-75) tacadas, três acima. Um título que ressalta a boa fase por que Matheus vem passando desde o final de 2018, quando venceu o Doral-Publix Junior Classic, nos EUA, seguido por um terceiro lugar no Juvenil de Verão, do ranking nacional, e por um quinto lugar na Copa de Oro, no Uruguai.

Pedro Marchioni, do São Paulo, que começou o dia em segundo, fez a pior volta dos cinco primeiros, mas ainda assim foi vice-campeão, com 150 (73-77) tacadas, levando o troféu de segundo colocado nos critérios de desempate. Pedro empatou com Thomas Choi, o juvenil número 1 do Brasil, que somou 150 (75-75). O regulamento agora determina que desempates sejam decididos não mais pelos últimos 18 buracos, mas sim pelos 9, 6, 3 ou 1 buracos. Marchini e Choi jogaram três acima nos nove finais, mas Marchini levou o troféu por ter jogar três acima nos últimos seis, contra quatro acima do adversário.

Mais destaques - Gui Grinberg, campeão brasileiro pré-juvenil de 2018, estreando na categoria juvenil, em 2019, abriu a volta com um birdie, mas foi só. Fez mais seis bogeys para somar 151 tacadas e ficar a uma tacada do segundo lugar. Tivesse economizado um putt em qualquer lugar, teria sido o vice-campeão, pois jogou duas acima nos nove finais e venceria o critério de desempate. Mateo Schmitt, do Clube de Campo, ficou em quinto, com 154 (77-77), seguido por Lucas Steinhoff, do São Paulo, com 156 (78-78). Essa foi também a colocação da classificação exclusiva dos juvenis (16 a 18 anos).

Na pré-juvenil (14 e 15 anos), mais um título para a família, com Marcos Park, do Paradise, o caçula, vencendo com 158 (79-79) tacadas. Nick Song, do São Fernando, foi o vice, com 167 (89-78), depois de fazer a melhor volta do grupo no domingo. Jiahai Huang, do São Paulo, ficou em terceiro, com 169 (88-83), seguido por Felipe Schmitt, do Clube de Campo, com 174 (86-88), e por Luiz Felipe Bosseto, do Paradise, com 184 (98-86).

Na categoria até 13 anos, Pedro Miyata, do São Fernando, venceu com 167 (84-83), contra 176 (87-89) de Guilherme Ziccardi, do Clube de Campo. Aaron Vargas, também do Clube de Campo, ficou em terceiro, com 181 (93-88) empatado com Joao Pedro Bosseto (88-93). Na até 11 anos, Nelson Shikicima levou o troféu de campeão, com 202 (105-97) tacadas. Houve ainda premiações com handicap (net). João Pedro Bosseto foi o campeão entre os nascidos em 2006 e 2007, e Jiahai Huang foi o melhor entre os nascidos de 2001 a 2005.

Feminino - Meilin Hoshino, que não tinha feito uma boa estreia, ficando fora do pelotão, reagiu no domingo quando fez a melhor volta das meninas para somar 160 (83-77) tacadas e terminar empatada em primeiro com Fernanda Lacaz (79-81), uma das três líderes da véspera. O desempate foi no buraco 18, onde Fernanda fez birdie para vencer. Fernanda é a juvenil nº 1 de São Paulo e a nº 3 do Brasil.

A carioca Beatriz Junqueira, do Itanhangá, outra líder da véspera, é a juvenil brasileira mais bem colocada do ranking mundial amador de golfe (WAGR) voltou nesse torneio de uma contusão e de quase dez meses sem competir, Ela ficou em terceiro com 161 (79-82), a uma tacada do desempate. Isu Choi, coreana que defende o Terras de São José, ficou em quarto, com 162 (81-81), a duas tacadas das líderes. A outra líder da véspera era Karen Hoshino, irmã de Meilin, que caiu para quinto, com 163 (79-84).

Na classificação das juvenis, Fernanda venceu, seguida por Beatriz e Karen. Na pré-juvenil, Meilin venceu, seguida por Isu e por Marina Nonaka, do Arujá, com 185. E na até 13 anos, Isadora Fernal, de 12 anos, do Poços de Caldas (MG), revelada no Brasil Kids Golf Tour, jogando o segundo torneio de 18 buracos de sua carreira, venceu com 188 tacadas. Lia Moriguti, do Paradise, ficou em segundo, com 201.

Passe o mouse ou o dedo sobre o álbum abaixo e use as setas na lateral para navegar

Torneio Juvenil de SP - 1ª rodada