Federação Paulista de Golfe

Notícias

  • Home >>
  • notícias
segunda-feira 24 de setembro de 2018

Honda Open – Aberto do Arujá: Pedro Nagayama, do São Fernando, vence de ponta a ponta

Samire Oliveira é campeã no feminino. Festa de encerramento teve como ponto alto grupo de Taikô

 

Samire Oliveira e Pedro Nagayama: campeões do Honda Opne - Aberto do Arujá 2018

Samire Oliveira e Pedro Nagayama: campeões do Honda Open – Aberto do Arujá 2018

Pedro Nagayama, do São Fernando, venceu de ponta a ponta o Honda Open – 42º Aberto Masculino e Feminino do Arujá Golf Clube 2018, encerrado neste domingo, 23 de setembro, em Arujá (SP), com a presença recorde de 195 jogadores em campo, Esse foi o segundo título consecutivo de Nagayama em torneios válidos para o ranking mundial amador de golfe (WAGR), seguindo-se à sua vitória no Aberto do São Fernando, há um mês. O torneio valeu ainda para o ranking nacional e rankings da Federação Paulista de Golfe (FPG).

album aruja novoVeja as fotos da premiação. Aguarde álbum completo

Uma semana antes Nagayama havia sido vice-campeão do Honda Classic – Aberto do Estado de SP, e com os dois títulos seguidos, passa a viver o melhor momento de sua carreira desde outubro de 2016, quando num período de oito semanas foi vice-campeão do Aberto do São Fernando; venceu o Aberto do Estado de São Paulo e o Aberto do Jockey Club de Rosário, na Argentina; foi vice-campeão do Aberto do Itanhangá; e venceu o Aberto do Estado Rio de Janeiro.

Vitória - Nagayama colocou uma mão na taça ainda no sábado, quando jogou duas abaixo para abrir sete tacadas de vantagem, mesmo jogando mal na segunda metade do campo deste domingo, quando sua concentração caiu, Nagayama ainda foi campeão por cinco tacadas de vantagem ao somar 219 (73-70-76) tacadas, três acima do par no total. Thomas Choi, do São Paulo, campeão brasileiro juvenil de 2018, ficou em segundo, com 224 (73-78-73), e Filipe Rossi, do São Paulo, que fez três birdies seguidos (8 ao 10) completou o pódio, em terceiro, com 228 (76-74-78).

Joakim Thrane, do Clube de Campo, fez seu melhor resultado da semana para terminar em quarto, com 230 (79-77-74), seguido por Fernando Vieira dos Santos, do Ibiúna, que fez cinco birdies a caminho de jogar três abaixo, a melhor volta da semana, e terminar em quinto, com 231 (82-80-69). Marcos Negrini, do Damha, um dos líderes da estreia, que vinha de um tricampeonato em casa, terminou apenas em sexto, com 232 (73-79-80), seguido por Lucas Steinhoff, do São Paulo, com 234 (81-74-79).

Categorias - Na classificação por handicap índex até 8,5, Fernando Vieira dos Santos venceu com 213 (76-74-63), três abaixo, seguido por Carlos Ferreira Candido, do São Fernando, com 220 (74-73-73) e Joakim Thrane, com 221 (76-74-71). Na 8,6 a 14, Ademir Mazon, do Sapezal, foi campeão com 133 (67-66), seis abaixo, seguido por Beto Maciel, do Imperial, com 135 (67-68) e por Francisco Balint, do São Paulo Futebol Clube, com 138 (74-64).

Na 14,1 a 19,4, Bruno Priante, do Imperial, venceu com 130 (69-61) tacadas, 11 abaixo do par, e terá seu handicap reajustado automaticamente para baixo, a partir desta semana, de acordo com o regulamento da FPG. O juvenil Luiz Felipe Bossetto, do Paradise, foi o vice, com 134 (69-65), seguido por Marcel Ono, do São Paulo Futebol Clube, com 137 (69-68). Otavio Mizikami, do Campinas, diretor executivo da Honda Automóveis do Brasil, patrocinado Master do torneio, fez bonito em campo, terminando em sexto, com 138 (68-70).

Feminino - Entre as mulheres, destaque para as jogadoras da casa, que levaram as medalhas de ouro e bronze. Samire Oliveira, venceu de ponta a pinta com 163 (79-84) tacadas, quando Ana Sung Marques, ficava em terceiro, com 175 (89-86). A vice-campeã foi Sueli Miyuki Horii, do Paradise, que tem no Arujá seu segundo campo, com 171 (84-87).

Na classificação por handicaps índex até 16, Angélica Barboza, do Paradise, venceu com 147 (77-70), seguida por Kyoung Aie Kim, do Campinas, com 148 (73-75) e por Elisabeth Tatsumi, do Arujá, com 150 (78-72). Na 16,1 a 25,7, Chieko Takita, do PL, foi campeã com 150 (78-72), contra 152 (73-79) de Sayuri Mori, do Arujá, a vice-campeã, e 153 (75-78) de Elise Sasaki Silva, do Alphaville Graciosa (PR), a terceira colocada.

Hole-in-one - Ninguém conseguiu ganhar os quatro prêmios para hole-in-one, que foram uma atração à parte no torneio. A Honda ofereceu um Civic Touring, no buraco 2, e uma moto SH 300i, no buraco 16. O prêmio no buraco 13 foi um cart Club Car, e, no buraco 8, uma passagem classe executiva para os Estados Unidos, da Delta Airlines, que, no final, sorteou não uma, mas duas passagens entre os participantes, ganhas por Rosa Kamizaki e Fernando Vieira dos Santos.

Houve ainda dois prêmios de hospedagem de uma semana para até quatro pessoas em resorts de luxo de Orlando, oferecidos pela FPG e Alabastour, para o Nearest to the Pin nos buracos 8 e 13. Os ganhadores foram Luis Kibe (Villas at Fortune Place) e Rubens Asam (Silver Lake Resort). Outra atração foi o sorteio de um pacote de hospedagem, com green-fee, para Comandatuba, oferecimento da Golf Travel, ganho por Ademir Mazon.

Festa - Durante toda a tarde houve uma grande festa aonde foram servidos mais de 100 kg de churrasco de picanha, linguiça e frango para acompanhar o buffet com Open Bar de chopp, estação de drinks e caipirinhas e uísque. Em frente à sede houve degustação de Água Kanger, Cachaça Club +, cafés Kurubi, charutos La Cubanita, e massagens de shiatsu da Clínica Oriental, presente em vários shoppings.

Antes da premiação, houve uma muito aplaudida exibição da equipe de taikô do vizinho Nikkey Country Club, em homenagem aos 110 anos da emigração japonesa para o Brasil, seguida de uma dança de salsa da cubana Yeidi Dieidi, oferecimento dos charutos La Cubanita.

Premiação - Foram convidados para compor a mesa de premiação José Luiz Monteiro, prefeito de Arujá; Antônio Carlos Padula, presidente da FPG; Kiyoshi Amemiya, presidente do Conselho Deliberativo do Arujá; Mario Numada, presidente do Arujá; Muneki Tikasawa, presidente da Associação Nikkey de Golfe do Brasil; Vicente Nasser, secretário de Esportes de Arujá; Gabriel dos Santos, representante da Câmara Municipal de Arujá; Ichiro Amano, presidente do PL Golf Clube; Otávio Mizikami, diretor executivo da Honda Automóveis do Brasil; Raul Takaki, presidente do Nikkey Shimbun; e os capitães João Carlos Ziliotto, que apresentou a entrega de prêmios, e Stella Miyagi.

No final foram ainda sorteados dezenas de brindes. Numada fez uma cerimônia reservada de agradecimento a todos os patrocinadores e apoiadores do evento, com entrega a cada um deles de uma cesta de produtos alimentícios variados, na qual se ressaltou a importância de presença dessas empresas, encabeçadas pela Honda, que se tornou o maior e mais atuante patrocinador do golfe paulista e brasileiro.

Patrocínio - O Honda Open – 42º Aberto Masculino e Feminino do Arujá Golf Clube teve patrocínio Master da Honda; patrocínios ouro de PAG Aqui, Komatsu, Delta Airlines, LG, Kawasaki, e 1021 Blindagens; patrocínios de Club Car – Bahia Golf Car, Diamante Petróleo, Lopes Advocacia, Midori Auto Leather, Geração, Água Kanger, Hoss Construtora, Otugui, Sthyllu’z, Triskle Cosméticos, Japex, Golf Travel, Curaprox, Mupy, Olivato Advogados, Korin, Rojas & Siqueira, Eko e Videokê.

O torneio teve ainda apoios de CYH Rolamentos e Esferas, Nippon Country Club, Club House, Marriott, Kurubi, Rich, La Cubanita, Mercure e Cachaça Club +. A realização foi da Federação Paulista de Golfe e Arujá Golf Clube, com supervisão do R&A, WAGR e Confederação Brasileira de Golfe.

Resultados completos