sexta-feira 11 de maio de 2018

Aberto Feminino do São Fernando paraguaia Giovanna Fernández amplia liderança em Cotia

Daniela Arantes assume segundo lugar e Fernanda Lacaz e Andrea Arruda lutam por pódio

Pelotao terceiro dia Giovanna Fernandez, Daniela Arantes e Maria Bethania Fernandez 650

Giovana, Daniela e Maria Bethania: pelotão mantido para a rodada final. Fotos: Thais Pastor/F2 Comunicação

Mesmo piorando quatro tacadas em relação à estreia, a juvenil paraguaia Giovanna Fernández, de handicap índex -3,3 e número 204ª do ranking mundial de golfe amador, ampliou ainda mais sua vantagem no 31º Aberto Feminino do São Fernando Golf Club – Taça Pee-Wee, competição internacional que termina neste sábado, 12 de maio, valendo pontos para o Ranking Mundial de Golfe Amador (WAGR) e para o ranking nacional. A Taça Pee-Wee, de duplas, jogada paralelamente ao torneio individual, homenageia Yolanda Figueiredo, uma das mais importantes jogadoras e dirigentes do golfe brasileiro.

Giovanna provou nesta sexta-feira, segundo dia de disputa, um dos ensinamentos dos mestres do golfe que dizem que nesse esporte não ganha quem acerta mais, e sim quem erra menos. A paraguaia não fez um birdie sequer, mas também não estourou em nenhum buraco, fechando o dia com cinco bogeys para somar 148 (72-76) tacadas, seis acima no total.

Brasileiras - O destaque brasileiro foi mais uma vez Daniela Arantes, do São Fernando, que fez dois birdies em sua volta e a despeito de um duplo bogey no 18 melhorou uma tacada em relação à véspera, o suficiente para assumir o segundo lugar, com 159 (80-79) tacadas. Maria Bethania Fernández, a outra juvenil do Paraguai, que começou o dia em segundo, ainda não fez nenhum birdie no torneio, mas teve seus dois primeiros grandes tropeços, um triplo bogey-7, no buraco 2, e um duplo bogey-6, no 11, para cair para terceiro lugar, com 160 (79-81).

Outro destaque do dia foi a juvenil Fernanda Lacaz, do São Fernando, que igualou o resultado de Daniela para somar 161 (82-79) e agora vem empatada em quarto lugar com Andrea Arruda, que também joga em casa, e fez o segundo melhor resultado da sexta-feira (83-78). A quinta e última a quebrar as 80 tacadas foi Samire Oliveira, do Arujá, que saltou para sexto lugar, com 167 (88-79).

Duplas - Na Taça Pee-Wee vai ficando difícil impedir a vitória das juvenis paraguaias, que lideram com 308 tacadas, contra 320 do São Fernando, defendido por Daniela e Andrea. O time da Federação Paulista de Golfe (FPG), com Fernanda e Samire, vem em terceiro com 328, seguido pelo Brasil (Roberta Avery e Ana Sung Marques), com 348; e a Federação de Golfe do Estado do Rio de Janeiro (Vitória Monteiro e Thuane Oliveira), com 366.

Nas categorias com handicap, Adriana Melo, do Alphaville Graciosa, e Kyoung Aie Kim, do Campinas, lideram com 146 tacadas entre as de índex até 16, seguidas por quatro jogadoras com 147. Na 16,1 a 1 a 25,7, a líder é Samara Benegas, do São Fernando, com 75, seguida por sua companheira de clube Raquel Song e por Terezinha Parente Dias, do Arujá, com 76. E na 25,8 a 31,6, na modalidade stableford, Monica Dantas, do São Francisco, lidera com 36 pontos, seguida por Catherine Maurice Duvignau, do São Fernando, com 34.

Patrocínio - O 31º Aberto Feminino do São Fernando Golf Club – Taça Pee-Wee tem patrocínio máster da New Core e apoios de Andiamo Ristorante, Aspen Snowmass, BEM Emergências Médicas, Copag, Groovy Forever, Henrimor Joalheria, Limelight Hotel – Aspen, Moinhotur, Sofitel, Spec, Visco, Viva Amazon e Bueno Wines, que está servindo o espumante Desirée Brut Rosé, produzido pelo apresentador Galvão Bueno, que produz vinhos e azeites de alta qualidade, no Brasil e na Itália.

A organização é do São Fernando Golf Club (SFGC), com supervisão da Federação Paulista de Golfe (FPG) e do World Amateur Golf Ranking (WAGR), que pela primeira vez terá um torneio exclusivamente feminino em São Paulo.





Federação Paulista de Golfe