Federação Paulista de Golfe

Notícias

  • Home >>
  • notícias
sábado 13 de janeiro de 2018

Juvenil de Verão: Matheus Park iguala melhor volta da semana para vencer de virada

Ana Sung Marques é campeã de ponta a ponta e entra para o ranking mundial. Gui Grinberg e Meilin Hoshino ganham na pré-juvenil

Matheus Park e Ana Sung Marques 650O paulista Matheus Park, do Paradise, fez quatro birdies para jogar 69 tacadas, três abaixo do par, igualar a melhor volta da semana e vencer de virada o Campeonato Juvenil de Verão do Estado de São Paulo – 1ª etapa do Tour Nacional Juvenil, encerrado nesta sexta, 12 de janeiro, no Arujá Golfe Clube, em Arujá (SP). No feminino, Ana Sung Marques, do Arujá, foi campeã de ponta a ponta. O torneio organizado pela Federação Paulista de Golfe (FPG), foi o primeiro do ano válido para os rankings juvenis nacional e paulista, além de contar pontos para o ranking mundial amador de golfe (WAGR). Matheus começou a volta final em quarto lugar, três atrás do líder, mas ainda foi campeão foi quatro de vantagem ao somar 216 (74-73-69) tacadas, o par do campo. O paranaense Jair Benke Junior, do Pine Hill, começou e terminou o dia em segundo, com 220 (70-76-74), sem chances de atacar o líder. O gaúcho Andrey Borges Xavier, do Belém Novo, completou o pódio com 221 (74-76-71) tacadas. Daniel Celestino, do Graciosa, o juvenil número 1 do Brasil, que liderava o torneio desde o primeiro dia, empatou em terceiro, com 221 (69-75-77), mas acabou sem troféu ao perder para Andrey nos critérios de desempate (melhores últimos 36 buracos). Outros favoritos ao título fora do pódio foram Lucas Park, do Paradise, irmão mais velho de Matheus e atual campeão brasileiro juvenil, que acabou apenas em quinto, com 222 (75-71-76); e Thomas Choi, do São Paulo, que defendia o título ganho em 2017 e terminou em sexto, com 223 (70-79-74). Idades – Na classificação exclusiva dos juvenis (16 a 18 anos) essas seis primeiras colocações se repetiram. Na pré-juvenil (14 e 15 anos), Guilherme Grinberg, do Lago Azul, atual campeão brasileiro da categoria, venceu de ponta a ponta, com 231 (79-74-78). Marcos Park, o mais novo dos três irmãos do Paradise, foi o vice-campeão, com 240 (85-76-79), seguido por Rafael Benadiba, do São Fernando, que completou o pódio com 242 (81-79-82). Entre os de 12 e 13 anos, vitória de ponta a ponta de Pedro Miyata, do São Fernando, com 244 (83-81-80) tacadas. Aaron Vargas, do Clube de Campo, foi o vice-campeão com 276 (95-93-88), seguido por Lucas Azevedo, da Fazenda da Grama, com 287 (98-97-92). Na até 11 anos, Eduardo Nonaka, do Arujá, ficou em primeiro com 302 (97-106-99). Feminino – Entre as mulheres, Ana Sung Marques venceu de ponta a ponta com 231 (75-80-76) tacadas, sem dar chances a Samire Oliveira, sua companheira de Arujá, que começou e terminou em segundo, com 237 (83-75-79). Karen Hoshino, do São Paulo, ficou em terceiro, com 251 (82-84-85). Ana Sung, Samire e Karen também formaram o pódio juvenil. Com esse resultado, Ana Sung tornou-se a primeira jogadora do Arujá GC a entrar para o ranking mundial de golfe amador, e a terceira, depois de Luiza Altmann e Lauren Grinberg, a conseguir esse feito após começar carreira no Golfe Nota 10. Na pré-juvenil, o título foi de Meilin Hoshino, do São Paulo, com 254 (83-86-85). Maria Julia Ribeiro, do Costão Golf, foi a vice-campeã, com 266 (92-84-90), seguida por Gabriela Mussi Toricelli, diretamente filiada à FPG, com 299 (98-102-99). Na até 13 anos, Marina Nonaka, do Arujá, ficou em primeiro com 289 (93-99-97). Net – Houve ainda premiação em três categorias com handicap índex. Na masculina de 16 a 18 anos, Jiahai Huang, do Terras de São José, foi campeão com 202 (63-73-66) tacadas, seguido por Lucas Brinkmann Steinhoff, do Clube de Campo, com 207 (75-64-68) e por Guilherme Jacone, do Arujá, com 209 (72-66-71). Na masculina até 13 anos, Jeremias Leal Torquato, de Japeri, venceu com 214 (72-65-77) tacadas, contra 230 (81-78-71) de Gabriel Nishi Uyeda, da Fazenda da Grama. E na feminina geral, Maria Clara Itajahy ganhou com 225 (74-73-73), seguida por Julia Aderaldo, da FPG, com 233 (83-76-74) e por Ana Nishi Uyeda, com 234 (73-83-78).