terça-feira 14 de novembro de 2017

Delegação da Federação Paulista de Golfe embarca nesta 5ª feira para disputar o WAGC

Competição internacional vai reunir equipes de 50 países em Kuala Lumpur, na Malásia

 

Eequipe FPG MalasiaA delegação da Federação Paulista de Golfe (FPG) formada pelos campeões da final brasileira do World Amateur Golfers Championship (WAGC) 2017 viaja nesta quinta-feira, 16 de novembro, para representar o Brasil na final internacional do torneio, de 18 a 25 de novembro, em quatro campos de Kuala Lumpur, na Malásia.

O WAGC é a maior competição mundial amadora com handicap do mundo. Este ano, a final internacional reunirá equipes de 50 países, definidas em seletivas nacionais que envolveram dezenas de milhares de jogadores. Só no Brasil, as seletivas realizadas em 18 clubes de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Rio de Janeiro, mobilizaram perto de 400 jogadores em busca de uma das cinco vagas na equipe. Em alguns países, com a China e os EUA, o evento mobiliza milhares de golfistas durante um ano, e busca da honra de ir à final mundial.

Equipe - O time da FPG, que viaja com todas as despesas pagas, terá Luiz A. P. Almeida, o Gugu, do São Paulo GC, na categoria com até 5 de handicap índex; Sueli Miyuki Horii, do Paradise, na 5,1 a 10; Denis Song, do Campinas, na 10,1 a 15; Ronni Fratti, do Campinas, na 15,1 a 20; e Nécio Carlos do Amaral, do Campinas, na 20,1 a 25, todos campeões de suas categorias na final nacional. Também integram a equipe Matheus Oliveira, do Damha, que irá competir num torneio para convidados; e Paulo Pimentel, da Golfe & Cia, parceira da FPG no evento.

Além das passagens aéreas, todos terão hospedagem no cinco estrelas Marriott Renaissance Kuala Lumpur Hotel e inscrição na final mundial do WAGC que será jogada em quatro campos de padrão internacional: Sungai Long Golf & Country Club; The Mines Resort & Golf Club; Templer Park Country Club e Kota Permai Lang Golf & CC.

História - O World Amateur Golfers Championship, que tem os suecos Annika Sörenstam como presidente de honra e Jesper Parnevik como patrono, é a competição amadora com handicap mais prestigiada do mundo, com sua final mundial sendo disputada com a estrutura de um major do golfe profissional.

O Brasil participa do WAGC desde 2011, mas a partir deste ano o evento ganhou dimensão muito maior com a FPG se unindo à Golfe & Cia, detentora dos direitos da competição, para organizar a seletiva nacional, com patrocínio da Embrase.

 





Federação Paulista de Golfe