quarta-feira 14 de junho de 2017

Golfe Nota 10: crianças das escolas de Bauru têm nova série de treinos no campo de golfe

Rede Record mostrou reportagem sobre o programa que vai selecionar os melhores para prosseguir no esporte

 

Ao lado, reportagem da Rede Record entrevista crianças do Programa Golfe Nota 10, em Bauru; abaixo, o dia de treinos que virou notícia na cidade e região

 

Mais de 150 crianças das escolas estaduais da cidade, selecionadas na primeira fase do programa, voltaram ao Bauru Golfe Clube nestas terça e quarta-feira, 13 e 14 de junho, em dois períodos, para a terceira bateria de aulas da segunda fase do Golfe Nota 10 (GN10), da Federação Paulista de Golfe (FPG). Em oito anos de existência, o GN10 apresentou o golfe para mais de 50 mil crianças entre 6 e 12 anos, mas só a partir de 2014, com a atual gestão da FPG, o programa agregou novas fases, progressivas, de forma a ter começo, meio e fim e revelar novos campeões para o esporte, como está acontecendo primeiro em Bauru.

Os treinos desta semana foram acompanhados por uma equipe de reportagem da Rede Record, que além de entrevistar alunos, conversou com Rodrigo Cordeiro Camilo, responsável esportivo da Delegacia Regional de Ensino de Bauru, e com Mauro Batista, diretor executivo da FPG, que está coordenando o trabalho dos professores do programa. Graças à repercussão e ao sucesso que vem tendo, o GN10 já mereceu várias reportagens e artigos de colunistas do Jornal da Cidade, de Bauru, extrapolando o noticiário do esporte.

Fase de competições - Na próxima semana, dia 27 e 28 de junho, após a quarta e última série de treinos no campo de golfe para esse grupo, os professores do GN10 irão selecionar perto de 50 desses estudantes com mais aptidão e talento para prosseguir no esporte disputando competições entre as escolas. E os melhores desses campeonatos irão ganhar um “green-card” para participar dos torneios regulares do Golfe Nota 10 e de outras competições juvenis, com tudo pago pela FPG.

“A atual gestão da FPG acredita seriamente que com essas ações irá não só criar novos golfistas, mas também revelar campeões”, diz Antônio Padula presidente da entidade. “Vamos investir nessas crianças para que eles possam se tornar ídolos brasileiros e, assim, abrir as portas do esporte para mais pessoas, incluindo seus pais, mães e familiares”, completa o presidente da FPG. Padula, inclusive, apresentou o projeto e ofereceu todo o know-how acumulado em oito anos de trabalho para que a Confederação Brasileira de Golfe (CBG) possa adotar programa semelhante em todo o território nacional.

Mais escolas - Mauro Batista aproveitou a ida a Bauru para reuniões na Secretaria Estadual de Ensino para listar novas escolas municipais que começarão a participar de todas as fase do Golfe Nota 10 a partir de agosto, após as férias escolares. Depois de Bauru, as fases seguintes do programa serão levadas também para outras cidades do estado de São Paulo, além de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e Poços de Caldas, em Minas Gerais, onde existem campos de golfe filiados à FPG.

internas





Federação Paulista de Golfe